Balada dos Enclausurados

Espetáculo Balada dos Enclausurados

Erica Montanheiro e Eric Lenate

Linguagem artística: Teatro

Teatro Sérgio Cardoso Digital – Temporada Online via Sympla (zoom)

 

Ingressos gratuitos

Adquira aqui o seu ingresso.

A sala de transmissão digital abre com 15 minutos de antecedência.

É recomendável acessá-la antes do horário de início da apresentação.

 

INVENTÁRIO 

Texto e Atuação: Erica Montanheiro

Direção: Eric Lenate

Dia 30 de outubro, sábado, às 21 horas;

Dia 02 de novembro, terça-feira, às 21 horas.

Classificação: 14 anos
Duração: 60 minutos
Gênero: Drama

Sinopse: Um ser que um dia foi Camille Claudel está presa em um lugar sufocante e fala consigo mesma. Ela se prepara para deixar aquele lugar. Durante esta preparação, aos poucos se dá conta de que já deixou o mundo físico e que está se tornando um espectro. Neste processo, acessa suas memórias, recebe a visita de afetos e desafetos, e busca compreender seu destino e o legado que deixará para o mundo.

 

TESTEMUNHO LÍQUIDO

Texto e Atuação: Eric Lenate

Direção: Erica Montanheiro

Dia 31 de outubro, domingo, às 18 horas;

Dia 1º de novembro, segunda-feira, às 21 horas.

Classificação: 14 anos

Duração: 75 minutos

Gênero: Drama

Sinopse: Durante uma determinada madrugada um ser, que um dia foi Vaslav Nijinski, parece estar em tratamento psiquiátrico. Após um acesso de fúria e descontrole foi acalmado por médicos e agulhas. Depois de domado, esse ser é deixado sob os cuidados e olhares de um médico e uma enfermeira. Seu corpo permanece atado, mas sua voz é liberada. Aos poucos, recobra sua fala e conversa com alguém que não está ali. E o que presenciamos é sua tentativa de entender o que está acontecendo consigo e a sua volta.

 

CICLO DE DEBATES 

“QUEM VIGIA AS FRONTEIRAS DA NORMALIDADE? OS MECANISMOS DE MANUTENÇÃO DE PODER”

Como forma de incentivar e aprofundar o diálogo sobre o tema e o universo abordado nos solos INVENTÁRIO e TESTEMUNHO LÍQUIDO, o projeto BALADA DOS ENCLAUSURADOS apresenta o ciclo de debates “Quem vigia as fronteiras da normalidade? Os mecanismos de manutenção de poder”. Aberto ao público e com acesso gratuito, também realizado através da plataforma do Teatro Sérgio Cardoso. Para este ciclo de debates serão convidadas mulheres (artistas, intelectuais, psicanalistas ligadas às questões de gênero e movimentos políticos) para conduzir a discussão de questões que permeiam a existência de mulheres artistas e o legado de suas obras. Para Erica Montanheiro e Eric Lenate, criadores do projeto, interessa discutir nestes debates os mecanismos de perpetuação de poder, sobre os limites da normalidade e dos comportamentos-padrão e a quem interessa julgar esses limites.

Dia 30 de outubro de 2021, sábado, às 17h: MARICI SALOMÃO [Dramaturga, Jornalista e Curadora Teatral]

DURAÇÃO: 60 minutos

 

Dia 31 de outubro de 2021, domingo, às 17h: LUH MAZA [Escritora, Roteirista, Atriz e Diretora]

DURAÇÃO: 60 minutos

 

Dia 02 de novembro de 2021, terça-feira, às 17h: CLARA AVERBUCK [Escritora]

DURAÇÃO: 60 minutos

O projeto Balada dos Enclausurados foi contemplada pela Lei Aldir Blanc (Lei 14.017/2020), Módulo I – Maria Alice Vergueiro, através do Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura e Prefeitura Municipal de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

 

Ficha técnica:

Balada dos Enclausurados é uma idealização

de Erica Montanheiro e Eric Lenate

 

VERSÕES AUDIOVISUAIS DOS SOLOS

Gravadas no Espaço da Revista e no Theatro Mvnicipal de São Paulo

São Paulo – Julho/2021

 

Direção, Adaptação e Roteiro – INVENTÁRIO: Eric Lenate

Direção, Adaptação e Roteiro – TESTEMUNHO LÍQUIDO: Erica Montanheiro

Assistente de Direção – INVENTÁRIO e TESTEMUNHO LÍQUIDO: Vitor Julian

Elenco – participação em TESTEMUNHO LÍQUIDO: Ligia Fonseca e Guilherme Conrado

Direção de fotografia – INVENTÁRIO: Eric Lenate e Cacá Bernardes

Direção de fotografia TESTEMUNHO LÍQUIDO: Clara Caramez, Erica Montanheiro e Luana Fioli

Captação de Imagens – INVENTÁRIO: Bruna Lessa (Bruta Flor Filmes) e Cacá Bernardes (Bruta Flor Filmes)

Captação de Imagens – TESTEMUNHO LÍQUIDO: Julia Rufino (Sonan Filmes), Luana Fioli e Leekyung Kim

Captação de Som

  1. P. Daniel

Rodrigo Florentino

Operação de Luz: Clara Caramez

Edição e Montagem de Vídeo: Bruna Lessa (Bruta Flor Filmes) – INVENTÁRIO e Julia Rufino (Sonan Filmes) – TESTEMUNHO LÍQUIDO

Edição e Montagem de Som

  1. P. Daniel

Assistente Técnico: Pajeú Oliveira

Cenotecnia: Evas Carretero

Operador de Video-Projeções e Suporte Técnico: Alexandre Gonzalez

Imagens originais e edição das vídeo-projeções:  Laerte Késsimos

Protocolos de Biossegurança contra Covid-19: Global Risk Solutions – Alexandre Galindo e Iuri Saraiva

Suporte técnico Espaço Cia da Revista e manutenção de cenografia: Kleber Montanheiro

Assistentes de Produção: Luísa Gouvêa, Martina Gallarza e Mila Fogaça

Produção: Leonardo Devitto

Administração: Erica Montanheiro e Mateus Monteiro

LOLITA E LA GRANGE PRODUÇÕES ARTÍSTICAS

Realização: Eric Lenate

 

Agradecimentos Institucionais

Espaço Cia da Revista

Theatro Mvnicipal de São Paulo/ #Sustenidos – Organização Social de Cultura – Andrea Caruso, Nathalia Costa e Ernandes Botosso.

 

Agradecimentos

Alê Youssef, Hugo Possolo, Bruna Longo, Camila dos Anjos, Gabi Gonçalves e Corpo Rastreado, Marcela Horta e Selene Marinho.

 

Ficha Técnica Original dos Solos 

Montagem e Temporada no Teatro do Núcleo Experimental – 2019  

INVENTÁRIO

Texto e Atuação: Erica Montanheiro

Direção: Eric Lenate

Assistente de Direção: Mateus Monteiro

TESTEMUNHO LÍQUIDO

Texto e Atuação: Eric Lenate

Direção: Erica Montanheiro

Assistente de Direção: Larissa Matheus

Arquitetura cênica e experiência imersiva: Erica Montanheiro, Kleber Montanheiro e Eric Lenate

Direção cenotécnica e direção de arte: Eric Lenate e Kleber Montanheiro

Equipe de execução e pintura de arte:  Erica Montanheiro, Guilherme Conrado, Larissa Matheus, Marcos Valadão e Mateus Monteiro

Marcenaria: Zé Valdir

Assistentes de marcenaria: Diego Wallisson Gavilan de Oliveira e Raphael Pontes

Iluminação:  Aline Santini

Trilha Sonora Original

  1. P. Daniel e Luísa Gouvêa

Delírio Sinfônico e Minueto La Vague – L. P. Daniel e Luísa Gouvêa

La Vague e Je m’appelle Camille – Luísa Gouvêa

Mouvement – Luísa Gouvêa e Fabrice Bidaury (inspirado no poema Profissão de Febre de Leminski)

Sonoplastia e Engenharia de Som:

  1. P. Daniel

Assistência de Engenharia de Som: Rodrigo Florentino

Preparação músico-vocal [Inventário]: Cida Moreira

Figurino e visagismo: Carol Badra e Leopoldo Pacheco

Peruca: Emi Sato

Costureira: Judite de Lima

Assistentes de iluminação: Clara Caramez e Pajeú Oliveira

Direção audiovisual: Laerte Késsimos

Vozes [inventário]

Ministros- Erica Montanheiro

Mãe – Clara Carvalho

Madre – Larissa Matheus

Irmã e interna – Aurea Braucs

Interna – Ligia Yamaguti

Ator convidado [testemunho líquido]: Guilherme Conrado

Elenco apoio [testemunho líquido]: Larissa Matheus e Mau Machado

Desenho de movimento [testemunho líquido]: Roberto Alencar

Provocação dramatúrgica [testemunho líquido]: Erica Montanheiro

Assessoria de imprensa: Pombo Correio

Designer gráfico: Laerte Késsimos

Mídias sociais: Lolita & La Grange Produções Artísticas

Registro de fotos e vídeo: Leekyung Kim

Operador de vídeo mapping [inventário]

  1. J. Alexandre Gonzalez

Operadora de Luz: Clara Caramez

Operador de Som: Rodrigo Fiorentino

Contrarregras e cenotécnicos: Larissa Matheus e Mau Machado

Técnico de montagem de luz: Pajeú Oliveira

Assistente de produção: Antonio Vanfill

Produção: Leonardo Devitto

Realização: Lolita & La Grange Produções Artísticas

Crédito da foto: Leekyung Kim