Foto: Karina Consani

Projeto Rastejar

Dois atores e um músico ensaiam um espetáculo que pretende tematizar as conflituosas relações humanas no mundo contemporâneo por meio de uma trama intitulada “Sinhazinha”, que remonta ao período escravagista brasileiro e aborda um triângulo amoroso entre uma jovem sinhá e dois de seus escravos. Um dos atores, em crise e impactado pelo processo criativo, coloca em xeque os seus valores, os da profissão e os do próprio teatro. A concepção do projeto partiu da ação de “rastejar” como uma atitude de transformação, um genuíno recomeço: a resposta do ser humano ao seu próprio esgotamento e à falência dos caminhos possíveis de seguir na vida.