Divulgação

Projeto Loucos por Criação

A Descoberta da mente: De Sigmund Freud a Richard Strauss

Richard Strauss teve a cidade de Viena, virada do século XIX para o XX como cenário maior de sua criação. Época de efervescência cultural, nascimento da psiquiatria e da psicanálise, opulência – mas também a decadência -, este compositor utilizou ciclos de canções para tratar do afeto, da finitude, mas especialmente da beleza. AS QUATRO ÚLTIMAS CANÇÕES e outras canções do autor fazem a atmosfera deste sarau que atualiza o romantismo em véspera de grandes mudanças mundiais e uma nova concepção da mente formulada por Sigmund Freud.