Foto: Hernandes de Oliveira

Entre o que se Imagina e o que se Pode Tocar – com Palavras no Meio

“ENTRE O QUE SE IMAGINA E O QUE SE PODE TOCAR – COM PALAVRAS NO MEIO” é o novo trabalho do Núcleo de Improvisação coordenado e dirigido por Zélia Monteiro. Uma dança que nasce no corpo provocado para desestabilizar seus padrões de comportamento. É a tentativa e a procura de “novas estabilidades” que, no entanto, serão efêmeras. Pulando de arranjo em arranjo, a dança se dá como um navegar pelo fluxo dos acontecimentos no jogo entre figurino, luz, espaço e público.