Desigual

Espetáculo teatral infanto-juvenil, a peça cômica conta das trapalhadas e dificuldades do jovem Zé – um cara autêntico e original – em se adaptar num mundo padronizado, em que todo mundo ficou igual. O texto é assinado pela premiada autora Cláudia Maria de Vasconcellos, com direção e concepção cênica de Jairo Mattos. A peça foi escrita especialmente para o ator e mímico Victor Coelho, conhecido como Mionzinho, que atua sem falar, valendo-se de técnicas como a pantomima e a interpretação do cinema mudo e do desenho animado. Além de Victor Coelho, estão em cena Daniela Mustafci, Vera Bonilha e Camilo Brunelli que se revezam em mais de 20 personagens.

DESIGUAL tem trilha sonora original composta pelo Maestro Marcello Amalfi, contendo músicas pré-gravadas e ruidagem executada ao vivo de dentro da história.