Sala Sérgio Cardoso

Teatro | 19 a 21 de março 2019

Cinco Peças Fáceis

Direção Milo Rau (Bélgica)
Terça, quarta e quinta-feira às 19h | Duração: 90 minutos | Classificação etária: 12 anos | Ingressos R$40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Compre aqui ou compareça a bilheteria do Teatro

MITbr 2019

Milo Rau parte da biografia de Max Dutroux, condenado em 2004 por violência sexual e assassinato, um caso que se tornou muito conhecido na Bélgica, para esboçar uma breve história desse país e refletir sobre a re(apresentação) dos sentimentos humanos. O elenco é formado por crianças e adolescentes atualmente entre 11 e 14 anos, que encenam esse trágico episódio, tomando como base testemunhos e reconstruções de histórias reais. Na montagem, os limites dos conhecimentos, dos afetos e das ações infantis são testados. Questões estritamente estéticas e dramatúrgicas unem-se às questões morais: como crianças compreendem o verdadeiro significado da narrativa, da empatia, da perda, da sujeição, da velhice, do desapontamento ou da revolta? Qual a reação do público ao vê-los representar ações de violência ou de amor? E, especialmente, o que as crianças e adolescentes demonstram sobre os próprios medos e desejos? Tudo isso estabelece uma experiência de confronto, que rompe com alguns tabus de nossa época. Cinco Peças Fáceis foi criado em colaboração com o CAMPO Arts Center, de Ghent, na Bélgica.

Concepção, texto e direção: Milo Rau. Texto e interpretação: Aimone De Zordo, Fons Dumont, Arno John Keys, Blanche Ghyssaert, Lucia Redondo, Hendrik Van Doorn, Pepijn Siddiki e Eva Luna Van Hijfte. Interpretação (em vídeo): Sara De Bosschere, Pieter-Jan De Wyngaert, Johan Leysen, Peter Seynaeve, Jan Steen, Ans Van den Eede, Hendrik Van Doorn e Annabelle Van Nieuwenhuyse. Dramaturgia: Stefan Bläske. Assistência de direção e preparação de elenco: Peter Seynaeve. Pesquisa: Mirjam Knapp e Dries Douibi. Equipe técnica: Bram Geldhof, Ian Kesteleyn e Piet Depoortere. Produção: CAMPO e IIPM. Assistência de produção e assistência às crianças: Ted Oonk e Valentine Galeyn. Coprodução: Kunstenfestivaldesarts Brussels 2016, Münchner Kammerspiele, La Bâtie – Festival de Genève, Kaserne Basel, Gessnerallee Zürich, Singapore International Festival of Arts (SIFA), SICK! Festival UK, Sophiensaele Berlin e Le phénix scène nationale Valenciennes. Produção executiva: CAMPO. - IIPM conta com o apoio de Senatsverwaltung für Kultur und Europa Berlin, Pro Helvetia, GGG Basel, Ernst Göhner Stiftung e Fachausschuss Tanz und Theater BS/BL (Basel). - CAMPO conta com o apoio do Flemish Government, Province of East Flanders e City of Ghent. Este espetáculo é apoiado pelo programa «COINCIDÊNCIA» da Fundação suíça para a cultura Pro Helvetia. Crédito da foto: Phile Deprez